A sigla para Role Playing Game, ou jogo de interpretação de papeis. É um jogo interativo e cooperativo, onde os jogadores ficam geralmente ao redor de uma mesa. Nele um Mestre (Dungeons Master) leva um ou mais jogadores por uma historia, ele controla o mundo fictício inteiro no qual o jogo se passa.
        Cada um dos outros jogadores então assume o papel de um personagem (Player Character) e então, recebem informações do mestre de onde está história se passa, e qual seria o objetivo final. É um jogo de faz de conta, onde se imagina uma realidade fantástica, geralmente é escolhido um sistema para que servirá como conjunto de regras básicas e ambientação para o jogo, como D&D ou Shadwrun. O conjunto destas regras e formas de jogo é contido em um livro chamado de Livro Básico (Core Rulebook). O jogador que irá ser o mestre da mesa precisa ainda de um livro especial que os demais jogadores não podem ler, este livro serve de guia para o mestre e contém regras adicionais e muitas outras informações necessárias ao bom funcionamento do jogo.

Exemplos de livros de RPG de D&D da Wizards of the Coast. #RPG #DeliDaPersy

#RPG #DeliDaPersy

        Os jogadores criam então uma ficha do personagem. Os personagens tem ainda uma profissão (Guerreiro, Clérigo, Ladrão), uma história que descreve brevemente sua vida antes de entrar no jogo e porque ele se juntou a este grupo especifico de outros jogadores. A história básica é então mostrada pelo Mestre do Jogo (Dungeons Master): "Você abrirá caminho através de ruínas repletas de monstros e cidades dominadas por intriga para emergir como famoso herói carregado de tesouros fabulosos, ou cairá vítima de armadilhas traiçoeiras e monstros diabólicos em uma masmorra esquecida?".
          O jogo precisa ainda de dados, os dados são utilizados para gerar números aleatórios, e isso é feito para adicionar um elemento de surpresa e do desconhecido, pois como na vida real, nem sempre você consegue fazer aquilo que tentou. Os jogos de RPG são famosos por apresentarem dados de muitas formas e tipos e símbolos, pois precisam de uma variação bem maior do que o 1 a 6 do dado em forma de cubo.


        Os resultados nos dados são adicionados ou subtraídos de valores presentes nas fichas dos personagens criada no inicio da partida de acordo com o manual/livro adotado, indicando por exemplo a quantidade de dano causado a um inimigo.

        Uma vez que todas estas coisas estão definidas. Alguém está no comando como sendo o DM e as outras pessoas participam como um único personagem, você utiliza dados para gerar números aleatórios. O que você faz com todos estes componentes, ai entra a sua imaginação para que você e seus amigos criem uma história. O mestre da mesa apresenta um mundo, alguns acontecimentos iniciais e as pessoas no jogo participam deste mundo com os seus personagens, criando então uma historia única e interativa para o seu grupo, daí o nome de jogo de interpretação de papéis.
 

Comment