Arte Conceito #RurouniKenshin #Anime #DeliDaPersy #ParaAssistir

Nome completo do anime seria RUROUNI KENSHIN– MEIJI KENKAKU ROMANTAN (KENSHIN O ANDARILHO – CRÔNICAS DE UM ESPADACHIM DA ERA MEIJI).

Gênero: Shõnen, que conta com Ação 70%, Aventura 90%, Comédia 50%, Fantasia 50%, Drama 10%, Romance 10%.

Faixa etária: 12 anos para o Anime, pois apresenta cenas de violência, mas nada muito forte e sem cenas de nudez. 15 anos para os Ovas – conselho meu - que contam com muita violência e algumas cenas fortes.

Autor: Nobuhiro Watsuke

Estúdio: Gallop

Capa do Mangá, edição brasileira #RurouniKenshin #Anime #DeliDaPersy #ParaAssistir

        No Brasil, foi adotado o título americano Samurai X. É um Anime baseado no mangá de mesmo nome que misturava vários gêneros como ação e comédia, típico de mangas Shonen, mas que deixava no ar um romance mal resolvido por parte do personagem principal Kenshin e o personagem coadjuvante Kaoro.

        Kaoro Kamiya faz a narração da história de um dos lendários personagens que marcaram o final da Era Tokugawa (final do feudalismo Oriental no Japão), existem rumores de que esse lendário espadachim realmente existiu – mas lógico não era ruivo. Um dos traços marcantes da história produzida é o excelente cruzamento entre os acontecimentos históricos reais, que são normalmente tema da trama da temporada, e a presença de personalidades marcantes da história japonesa.

        É uma excelente história, Rurouni Kenshin lhe ensina como funcionava o feudalismo Oriental que marcava a Era Tokugawa e toda a transformação necessária, que está registrada na história, para acabar com ele e botar no poder a mais antiga de todas as dinastias que existe até hoje. A Dinastia Meiji do Japão está no poder desde a queda dos Tokugawa até hoje.

        O anime retrata então o começo da Era Meiji – coisa que já me rendeu um 10 numa prova sobre o feudalismo oriental. Acho que se pode aprender muita coisa em qualquer lugar, tudo tem um pouco de cultura, devemos só avaliar se queremos ou não absorver tal tipo de conhecimento.

        O desenrolar da história é até bem rápido não sendo nenhum episódio monótono, eu gostaria de mais um pouco de romance, mas sei que meio que o gênero Shonen não permite, mas todos sabem que Kenshin e Kaoro são apaixonados um pelo outro.

Anime: Possui 95 episódios, lançado em 10 de Janeiro de 1996.

Capa do mangá edição brasiliera #RurouniKenshin #Anime #DeliDaPersy #ParaAssistir

        O Traço artístico do mangaka Nobihiro Watsuke é muito bem trabalhado principalmente nas cenas de batalha que foram muito estudadas para poderem ser reproduzidas com fidelidade no mangá. Não deixando nem um pouco a desejar.

Mangá: São ao todo 56 volumes na edição brasileira, o período de publicação foi de 2 de setembro de 1994 a 4 de novembro de 1999, publicados pela Shonen Jump. No Brasil foi traduzido e publicado pela Editora JBC que será a única, fora do Japão, a lançar o volume 57 - A Sakabatou de Yahiko

Existem mais 3 mangas que aparentemente nunca foram trazidos para o Brasil, o Rurouni Kenshin: Restoration contém dois volumes que foram lançados em 2012 e 2013 e o Rurouni Kenshin: Master of Flame que foi lançado em 2014.  

        É uma das minhas séries preferidas, contado com muito bom humor e ação se passa no pós era Tokugawa, quando Kenshin acaba indo morar com um bando de loucos no Dojo Kamiya.

        O mais engraçado que acho é que todo mundo do governo pede conselhos, atende aquele homem desconhecido e maltrapilho – hahahahhaaha – e ainda pede para ele resolver algumas coisas. Mas quem é ele?! Não, não é ninguém é apenas um homem desconhecido. Bem acho que se o Battousai original tivesse sido encontrado depois da guerra ele seria utilizado como conselheiro, caso ele não tivesse aceito algum cargo de destaque como faz o personagem da serie.

 

 

Ovas:

Rurouni Kenshin: Tsuiokuhen (Rurouni Kenshin: Trust & Betrayal)

São 4 episódios que contam a história de Kenshin pequeno (Shinta) de como ele aprendeu o Hiten Mitsurugi Ryuu (técnica de kendô), no final da Era Tokugawa , a guerra para colocar os Meiji no poder, e fala sobre a primeira mulher de Kenshin. É muito bom, tem boa dose de violência, mas sem apelar para o exagero de alguns animes.

Rurouni Kenshin: Seisōhen (Rurouni Kenshin: Reflection)

São 2 episódios - eu não gostei nem um pouco -, mostra um futuro bem depois da série de TV onde Kenshin é casado com Kaoro a muito tempo e tem um filho, o qual detesta ele. Não concordo com o que é mostrado nesses ovas mostra um Kenshin indiferente que não soube criar, nem dar amor ao próprio filho, nem a própria mulher, pois não parece que ele, nem ao menos, tenha gostado da Kaoro alguma vez.

Rurouni Kenshin: New Kyoto Arc, são 2 episódios recentes e lançados em dezembro de 2011 e Junho de 2012, que contariam a visão da personagem Misao Makimachi quando buscando por Kenshin para lutar contra Makoto Shishio. Esses 2 episódios foram lançados em comemoração aos 15 anos da serie.   

Filmes de Animação:

Rurouni Kenshin: Ishin shishi no Requiem, lançado em 20 de Dezembro de 1997, É simplesmente um episódio de 1h:40min.

Capa do OST #RurouniKenshin #Anime #DeliDaPersy #ParaAssistir

OST: 

A trilha sonora do anime foi muito bem trabalhada contando com muitas músicas marcantes, contando com a presença de bandas como:

Yellow Monkey( Primeiro Encerramento – Tactics), L’Arc en Ciel( Terceira Abertura – The fourth Avenue café), Judy and Mary(Primeira Abertura – Sobakasu), e instrumentais de altíssima qualidade. É uma das minhas trilhas sonoras de anime preferidas, tenho todas as músicas, inclusive uma delas pretendo que seja a música que vai tocar no meu casamento quando eu estiver entrando em cena toda vestida de noiva de fundo vai tocar Kaoru`s Love.

(Sim!! Tocou Kaoru`s Love quando eu entrei vestida de noiva!).

 

Esse é um dos posts que eu copiei do meu antigo BLOG no WordPress o Persefoneloki.

 

É um anime antigo, mas que traz muita ação, diversão e que recentemente foi adicionado aos animes do NetFlix, a serie ainda não está completa, mas dentro em breve deve chegar as novas temporadas, eles aparentemente não conseguiram pegar a dublagem do Cartoon Network - eu amava aquela dublagem! - então eles devem estar refazendo todo o trabalho, é possível inclusive assistir com o áudio original em japonês. Não sei se irão adicionar os06 OVAs existentes, mas gostaria muito, pois hoje o único jeito de ver é encontrando em DVD para vender, normalmente não tem com legenda em português. 

Nota do Anime:


1 Comment