Série de TV da Marvel em parceria com Netflix #Marvel #Netflix #JessicaJones #DeliDaPersy #Herois

        Nesse primeiro momento, diferente de todos os outros, quero mostrar uma visão de leiga!
Eu era totalmente leiga com relação a Jessica Jones, diferente do AsHaF, nunca li nenhum quadrinho dela, nem tinha muito o que esperar da série, pois tudo pra mim era desconhecido, assisti a série de mente aberta, acho que essa foi a grande diferença em relação a serie do Demolidor - não gostei muito do Demolidor, também do NetFlix... Jessica Jones me surpreendeu bastante!

Jessica nos quadrinhos #Marvel #Netflix #JessicaJones #DeliDaPersy #Herois

        Não pretendo fazer nenhuma comparação entre a atriz e a personagem do quadrinho, sei que, como sempre, para padrões de beleza exigidos por Hollywood a atriz (Krysten Ritter) é muito magra para o personagem (Varapau), mas a Mulher Maravilha que tem muito mais corpo, afinal de contas é uma Amazonas, está sendo interpretada por um esqueleto... 
        O que mais gostei do seriado é que ela é retratada como uma mulher que tem poderes de superforça, consegue saltar tão alto que é quase como se ela voasse, tem invulnerabilidade, tipo uma super-girl (sem a cabeleira loira, menos inocente e imaculada) mas que não quer usar seus poderes. Ela não quer ser uma heroína, mas também não consegue não fazer nada.
Jéssica é uma mulher marcada por seu passado, assim como outros super-heróis ela não nasceu com seus poderes, ela é atormentada pelo acidente de carro que matou sua família e a deixou viva e com esses superpoderes, ela é atormentada pela época em que caiu nas mãos do homem-púrpura e ficou sujeita a sua vontade... O que mais me cativou em Jessica Jones é o seu lado mais humano, mais mulher e menos heroico.
 
        O grande vilão da série é o homem-púrpura ou Killgrave (David Tennant), como a serie preferiu chamar, o seu super poder é, se ele falar com alguém, a pessoa é obrigada a obedecer, independente de sua vontade!  É um dos poderes, mais estranhos de todos, mas ao mesmo tempo o mais conveniente... O super poder do homem-púrpura foi desenvolvido por acidente pelos seus pais, um casal de pesquisadores neurocientistas que e realizavam testes no seu próprio filho para curar uma possível doença que não é muito explicada na serie.

Killgrave (David Tennant) #Marvel #Netflix #JessicaJones #DeliDaPersy #Herois #Killgrave

        Quando fui assistir a serie fiquei animada depois do primeiro episódio, com uma heroína, mais mulher e menos herói, pois a personagem devido a todas as problemáticas do seu passado apresenta síndrome de pânico - não explica na série sobre síndrome do pânico, mas é por isso que ela fica repetindo o nome de umas ruas que ela passava quando criança perto de onde morava, eu li que lembranças de infância ajudam a se acalmar quando está tendo um taque de pânico. Ela bebe muito para esquecer, se apaixona fácil, tenta viver de forma escondida de todos, mas apesar de não também não consegue ficar sem ajudar os outros... Ela possui uma agência de investigação, a Alias, onde é sempre contatada para trabalhar como detetive particular, seja por indicação da polícia, seja por indicação de uma advogada em uma grande firma de advocacia na qual ela mantém contratos.

#Marvel #Netflix #JessicaJones #DeliDaPersy #Herois

        Aos poucos você vai conhecendo um pouco mais das informações sobre a vida de Jessica Jones, que está longe de ser virtuosa como a maioria dos super-heróis, que ela foi adotada por uma família após sair do coma do acidente de carro, nessa família ela descobre seus super poderes e conhece a única amiga que tem, ajudando a mesma a se livrar um pouco de sua mãe que a explorava em um programa de TV juvenil.

        A trama dessa primeira temporada da série é Killgrave encontrou Jessica novamente e está avido por ter posse dela novamente, mas ele queria que fosse diferente, que ela se juntasse a ele sem que ele precisasse falar. Ele está fazendo várias pessoas cometerem delitos, seja roubos ou assassinatos, para que os vários casos de pessoas que cometeram crime, mas não lembram de nada venham parar nas mãos de Jessica para investigação...    
     Adorei também a música "Thousand Eyes" single lançado junto ao Trailer da série, é do tipo que você não consegue parar de escutar, você pode escutar no Spotify.
 

1 Comment